2006/04/04

Paraíso na Outra Esquina - Mario Vargas Llosa

Este não é um dos livros do MVL de que mais gostei. Está bem escrito, é uma boa recolha, as duas figuras principais são interessantes. Mas... os capítulos tornam-se um pouco repetitivos, a história do Paul Gaugin foi uma completa decepção para mim e falta talvez uma certa unidade à obra. De facto, é difícil encontrar palavras-chave que justifiquem a divisão dos capítulos. A estrutura do livro é muito simples, A-B-A-B-A-B, que depois se divide em A-A' E B-B'-B''. Ou seja Flora - Paul que depois se distingue Flora actual - Flora anterior e Paul actual, Paul anterior, um quadro de Paul.

Foi interessante de ler. Apreciei sobretudo a descrição do trabalho na época de Flora. Gostaria de ter visto as suas histórias um pouco mais entrelaçadas, penso que isso não seria difícil, apoiado em ideias chave para cada binómio A-B.

O travo mais amargo do livro é, sem dúvida a vida do Paul Gaugin. Pintor brilhante, esse tipo era um completo idiota, irresponsável, criminoso. Que pena ter lido o livro, estragou-mo um pouquinho dos quadros.

2 comentários:

Anónimo disse...

I say briefly: Best! Useful information. Good job guys.
»

Anónimo disse...

Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
»